17 outubro 2017

Voluntariado ajuda na carreira


O jornal "A Tribuna" publicou, em sua edição de 17 de setembro de 2017, uma reportagem sobre voluntariado, destacando que, um a cada cinco brasileiros é voluntário, mas que o nosso País ainda ocupa a 68ª posição no ranking mundial de generosidade.

Esta reportagem, recortada e colada pelo blog, mostra também que o trabalho voluntário pode ajudar na carreira. 

Uma pesquisa do Linkedin  - rede social que reúne empregadores e profissionais - revelou que uma em cada cinco empresas recruta que presta serviço voluntário..









13 outubro 2017

Geração Millennial pede emprego

O jornal "A Tribuna" publicou, em sua edição de 24 de setembro de 2017, uma reportagem sobre a chamada "geração "Millennial", que engloba os nascidos nas décadas de 1980 e 1990

Esta reportagem, recortada e colada pelo blog, mostra os desafios e paradoxos enfrentados por essa geração.

Pessoas que tiveram acesso à universidade, mas não exercem a profissão. A reportagem traz uma pequisa inédita, intitulada "Millennials e a Geração Nem-Nem", realizada pelo Centro de Inteligência Padrão (CIP) em parceria com a empresa MindMiners.











22 setembro 2017

Dinâmicas: GeoQuest - 10: "Guerra Fria"


Chamada oral... prova surpresa... organizar um Quiz... recapitulação... questões para o simulado... questões, questões e mais questões.... Não... não estou reclamando não! Pelo contrário: todas essas indagações, ou melhor, reclamações, acabaram me dando mais ideias para jogos e dinâmicas.

Assim, depois de muito, mas muito trabalho mesmo, envolvendo pesquisa, comparações, planejamento, elaboração, design, finalmente ficou pronto:

GeoQuest!

É um jogo de cartas, ou também pode ser uma prova, ou cartões para chamada oral... são muitas utilidades, muitas possibilidades!

Ano passado ganhei várias coleções de livros didáticos de Geografia (do 6º ao 9º), daqueles que as editoras costumam ofertar para que os professores e as instituições de ensino escolham qual será o livro da disciplina para o próximo triênio. Por isso, usei várias publicações como fonte e referencial teórico, entre as quais destaco:

- Vontade de Saber, de Neiva Torrezani, Editora FTD:
- Geografia Homem e Espaço, de Elian Alabi Lucci e Anselmo Lazaro Branco, Editora Saraiva;
- Geografia – Coleção Integralis, de Helio Garcia e Paulo Roberto Moraes;
E o meu favorito,
- Expedições Geográficas, de Melhem e Sergio Adas, Editora Moderna.

Vamos ao jogo:

a) descritivo:
Cada conjunto de cartas tem um tema. Neste caso específico, o tema é:
“Guerra Fria”.
São 50 cartas, numeradas, com perguntas e alternativas para resposta. Cada carta contém uma pergunta relativa ao tema e três alternativas para resposta. Além disso, mostra também qual é a alternativa correta.


b) sugestão de jogo:
Dividir os alunos em grupos de quatro ou cinco. Todas as cartas ficam sobre a mesa, num monte só, com a face voltada para baixo. Em seguida, pode se fazer um sorteio para decidir quem começa. O vencedor do sorteio tira a primeira carta do monte e faz a pergunta nela registrada para o participante ao seu lado direito, tendo o cuidado de que este não veja a resposta. Se ele acertar, fica com a carta. Caso erre, a carta volta para o monte, devendo ser colocada ao final dele. O jogo continua: o aluno que acabou de responder, tira a próxima carta do monte e faz a pergunta ao colega que está do seu lado direito e, assim por diante.
É importante, antes do jogo começar, definir critérios de tempo para resposta, da duração do jogo (número de cartas ou marcação de tempo) entre outros. Ganha o jogo quem, ao final, tiver mais cartas em seu poder. Em outras palavras, aquele que acertou mais.


c) matéria abordada em “Guerra Fria”:
Guerras mundiais, divisão da Alemanha, mundo bipolar, muro de Berlim, guerra fria, superpotências, socialismo, capitalismo, corrida armamentista, corrida espacial, fim da URSS e muito mais.

Há muitas outras formas de aproveitar todo o potencial de GeoQuest. Pensando nisso, também preparei uma versão com as mesmas cartas, porém, sem as respostas.


Bem, por enquanto, é isso!!!

Opa... em tempo: aproveitando o espaço... não posso deixar de passar mais uma novidade:
GeoQuest também tem outros nove conjuntos com os seguintes temas: (para saber mais detalhes, basta clicar no tema):



Agora sim... bem, é isso!!!


Dinâmicas: GeoQuest - 09: "Vegetação"


Chamada oral... prova surpresa... organizar um Quiz... recapitulação... questões para o simulado... questões, questões e mais questões.... Não... não estou reclamando não! Pelo contrário: todas essas indagações, ou melhor, reclamações, acabaram me dando mais ideias para jogos e dinâmicas.

Assim, depois de muito, mas muito trabalho mesmo, envolvendo pesquisa, comparações, planejamento, elaboração, design, finalmente ficou pronto:

GeoQuest!

É um jogo de cartas, ou também pode ser uma prova, ou cartões para chamada oral... são muitas utilidades, muitas possibilidades!

Ano passado ganhei várias coleções de livros didáticos de Geografia (do 6º ao 9º), daqueles que as editoras costumam ofertar para que os professores e as instituições de ensino escolham qual será o livro da disciplina para o próximo triênio. Por isso, usei várias publicações como fonte e referencial teórico, entre as quais destaco:

- Vontade de Saber, de Neiva Torrezani, Editora FTD:
- Geografia Homem e Espaço, de Elian Alabi Lucci e Anselmo Lazaro Branco, Editora Saraiva;
- Geografia – Coleção Integralis, de Helio Garcia e Paulo Roberto Moraes;
E o meu favorito,
- Expedições Geográficas, de Melhem e Sergio Adas, Editora Moderna.

Vamos ao jogo:

a) descritivo:
Cada conjunto de cartas tem um tema. Neste caso específico, o tema é:
“Vegetação”.
São 50 cartas, numeradas, com perguntas e alternativas para resposta. Cada carta contém uma pergunta relativa ao tema e três alternativas para resposta. Além disso, mostra também qual é a alternativa correta.


b) sugestão de jogo:
Dividir os alunos em grupos de quatro ou cinco. Todas as cartas ficam sobre a mesa, num monte só, com a face voltada para baixo. Em seguida, pode se fazer um sorteio para decidir quem começa. O vencedor do sorteio tira a primeira carta do monte e faz a pergunta nela registrada para o participante ao seu lado direito, tendo o cuidado de que este não veja a resposta. Se ele acertar, fica com a carta. Caso erre, a carta volta para o monte, devendo ser colocada ao final dele. O jogo continua: o aluno que acabou de responder, tira a próxima carta do monte e faz a pergunta ao colega que está do seu lado direito e, assim por diante.
É importante, antes do jogo começar, definir critérios de tempo para resposta, da duração do jogo (número de cartas ou marcação de tempo) entre outros. Ganha o jogo quem, ao final, tiver mais cartas em seu poder. Em outras palavras, aquele que acertou mais.


c) matéria abordada em “Vegetação”:
Vegetação natural, principais tipos de vegetação nativa, a devastação de vegetações naturais, tipos de vegetação no Brasil, extrativismo vegetal e muito mais.

Há muitas outras formas de aproveitar todo o potencial de GeoQuest. Pensando nisso, também preparei uma versão com as mesmas cartas, porém, sem as respostas.


Bem, por enquanto, é isso!!!

Opa... em tempo: aproveitando o espaço... não posso deixar de passar mais uma novidade:
GeoQuest também tem outros nove conjuntos com os seguintes temas: (para saber mais detalhes, basta clicar no tema):



Agora sim... bem, é isso!!!


Dinâmicas: GeoQuest - 08: "Clima"


Chamada oral... prova surpresa... organizar um Quiz... recapitulação... questões para o simulado... questões, questões e mais questões.... Não... não estou reclamando não! Pelo contrário: todas essas indagações, ou melhor, reclamações, acabaram me dando mais ideias para jogos e dinâmicas.

Assim, depois de muito, mas muito trabalho mesmo, envolvendo pesquisa, comparações, planejamento, elaboração, design, finalmente ficou pronto:

GeoQuest!

É um jogo de cartas, ou também pode ser uma prova, ou cartões para chamada oral... são muitas utilidades, muitas possibilidades!

Ano passado ganhei várias coleções de livros didáticos de Geografia (do 6º ao 9º), daqueles que as editoras costumam ofertar para que os professores e as instituições de ensino escolham qual será o livro da disciplina para o próximo triênio. Por isso, usei várias publicações como fonte e referencial teórico, entre as quais destaco:

- Vontade de Saber, de Neiva Torrezani, Editora FTD:
- Geografia Homem e Espaço, de Elian Alabi Lucci e Anselmo Lazaro Branco, Editora Saraiva;
- Geografia – Coleção Integralis, de Helio Garcia e Paulo Roberto Moraes;
E o meu favorito,
- Expedições Geográficas, de Melhem e Sergio Adas, Editora Moderna.

Vamos ao jogo:

a) descritivo:
Cada conjunto de cartas tem um tema. Neste caso específico, o tema é:
“Clima”.
São 60 cartas, numeradas, com perguntas e alternativas para resposta. Cada carta contém uma pergunta relativa ao tema e três alternativas para resposta. Além disso, mostra também qual é a alternativa correta.


b) sugestão de jogo:
Dividir os alunos em grupos de quatro ou cinco. Todas as cartas ficam sobre a mesa, num monte só, com a face voltada para baixo. Em seguida, pode se fazer um sorteio para decidir quem começa. O vencedor do sorteio tira a primeira carta do monte e faz a pergunta nela registrada para o participante ao seu lado direito, tendo o cuidado de que este não veja a resposta. Se ele acertar, fica com a carta. Caso erre, a carta volta para o monte, devendo ser colocada ao final dele. O jogo continua: o aluno que acabou de responder, tira a próxima carta do monte e faz a pergunta ao colega que está do seu lado direito e, assim por diante.
É importante, antes do jogo começar, definir critérios de tempo para resposta, da duração do jogo (número de cartas ou marcação de tempo) entre outros. Ganha o jogo quem, ao final, tiver mais cartas em seu poder. Em outras palavras, aquele que acertou mais.


c) matéria abordada em “Clima”:
Tempo atmosférico e clima, massas de ar, previsão do tempo, fatores geográficos do clima, maritimidade e continentalidade, correntes marítimas, climas do mundo, climas do Brasil e muito mais.

Há muitas outras formas de aproveitar todo o potencial de GeoQuest. Pensando nisso, também preparei uma versão com as mesmas cartas, porém, sem as respostas.


Bem, por enquanto, é isso!!!

Opa... em tempo: aproveitando o espaço... não posso deixar de passar mais uma novidade:
GeoQuest também tem outros nove conjuntos com os seguintes temas: (para saber mais detalhes, basta clicar no tema):



Agora sim... bem, é isso!!!


Dinâmicas: GeoQuest - 07: "Hidrografia"


 Chamada oral... prova surpresa... organizar um Quiz... recapitulação... questões para o simulado... questões, questões e mais questões.... Não... não estou reclamando não! Pelo contrário: todas essas indagações, ou melhor, reclamações, acabaram me dando mais ideias para jogos e dinâmicas.

Assim, depois de muito, mas muito trabalho mesmo, envolvendo pesquisa, comparações, planejamento, elaboração, design, finalmente ficou pronto:

GeoQuest!

É um jogo de cartas, ou também pode ser uma prova, ou cartões para chamada oral... são muitas utilidades, muitas possibilidades!

Ano passado ganhei várias coleções de livros didáticos de Geografia (do 6º ao 9º), daqueles que as editoras costumam ofertar para que os professores e as instituições de ensino escolham qual será o livro da disciplina para o próximo triênio. Por isso, usei várias publicações como fonte e referencial teórico, entre as quais destaco:

- Vontade de Saber, de Neiva Torrezani, Editora FTD:
- Geografia Homem e Espaço, de Elian Alabi Lucci e Anselmo Lazaro Branco, Editora Saraiva;
- Geografia – Coleção Integralis, de Helio Garcia e Paulo Roberto Moraes;
E o meu favorito,
- Expedições Geográficas, de Melhem e Sergio Adas, Editora Moderna.

Vamos ao jogo:

a) descritivo:
Cada conjunto de cartas tem um tema. Neste caso específico, o tema é:
“Hidrografia”.
São 60 cartas, numeradas, com perguntas e alternativas para resposta. Cada carta contém uma pergunta relativa ao tema e três alternativas para resposta. Além disso, mostra também qual é a alternativa correta.


b) sugestão de jogo:
Dividir os alunos em grupos de quatro ou cinco. Todas as cartas ficam sobre a mesa, num monte só, com a face voltada para baixo. Em seguida, pode se fazer um sorteio para decidir quem começa. O vencedor do sorteio tira a primeira carta do monte e faz a pergunta nela registrada para o participante ao seu lado direito, tendo o cuidado de que este não veja a resposta. Se ele acertar, fica com a carta. Caso erre, a carta volta para o monte, devendo ser colocada ao final dele. O jogo continua: o aluno que acabou de responder, tira a próxima carta do monte e faz a pergunta ao colega que está do seu lado direito e, assim por diante.
É importante, antes do jogo começar, definir critérios de tempo para resposta, da duração do jogo (número de cartas ou marcação de tempo) entre outros. Ganha o jogo quem, ao final, tiver mais cartas em seu poder. Em outras palavras, aquele que acertou mais.


c) matéria abordada em “Hidrografia”:
Importância dos rios, regiões e bacias hidrográficas do Brasil, oceanos, mares, aquíferos, relevo oceânico, litoral e muito mais.

Há muitas outras formas de aproveitar todo o potencial de GeoQuest. Pensando nisso, também preparei uma versão com as mesmas cartas, porém, sem as respostas.


Bem, por enquanto, é isso!!!

Opa... em tempo: aproveitando o espaço... não posso deixar de passar mais uma novidade:
GeoQuest também tem outros nove conjuntos com os seguintes temas: (para saber mais detalhes, basta clicar no tema):



Agora sim... bem, é isso!!!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...